sábado, 24 de março de 2012

Algumas Palavras e Lei de Reforma do Congresso (PEC de Iniciativa Popular)


Queridos,
gostaria de dividir com vocês a surpresa de saber que nesta semana o blog contabilizou a marca de 30.000 visualizações! 
Obrigada pelas visitas!


***

A vinda de Ana Luiza me tornou uma pessoa ainda mais engajada em causas sociais, por isso, aproveito esse espaço para divulgar um e-mail que recebi agora de manhã: 


PROJETO DE EMENDA CONSTITUCIONAL DE INICIATIVA POPULAR


Lei de Reforma do Congresso (proposta de emenda à Constituição Federal)

 “1. O congressista será assalariado somente durante o mandato. Não haverá  ‘aposentadoria por tempo de parlamentar’, mas contará o prazo de mandato  exercido para agregar ao seu tempo de serviço junto ao INSS referente à sua profissão civil.

2. O Congresso (congressistas e funcionários) contribui para o INSS. Todo a  contribuição (passada, presente e futura) para o fundo atual de aposentadoria do Congresso passará para o regime do INSS imediatamente. Os senhores Congressistas participarão dos benefícios dentro do regime do INSS  exatamente como todos outros brasileiros. O fundo de aposentadoria não pode ser usado para qualquer outra finalidade.

3. Os senhores congressistas e assessores devem pagar seu s planos de  aposentadoria, assim como todos os brasileiros.

4. Aos Congressistas fica vedado aumentar seus próprios salários e gratificações fora dos padrões do crescimento de salários da população em geral, no mesmo período.

5. O Congresso e seus agregados perdem seus atuais seguros de saúde pagos pelos contribuintes e passam a participar do mesmo sistema de saúde do povo brasileiro.

6. O Congresso deve igualmente cumprir todas as leis que impõe ao povo  brasileiro, sem qualquer imunidade que não aquela referente à total liberdade de expressão quando na tribuna do Congresso.

7. Exercer um mandato no Congresso é uma honra e uma responsabilidade, não uma carreira. Parlamentares não devem servir em mais de duas legislaturas consecutivas.

8. É vedada a atividade de lobista ou de ‘consultor’ quando o objeto tiver qualquer laço com a causa pública. “


 A hora desta PEC é AGORA!

É ASSIM QUE  NÓS PODEMOS MUDAR O CONGRESSO!


P.S.: Se cada pessoa repassar esta mensagem para um mínimo de vinte pessoas, em  três dias a maioria das pessoas no Brasil receberá esta mensagem. Então, o que me dizem?

4 comentários:

M Bin disse...

Surpresa pela variedade de temas e o tratamento dado a cada uma, no tom exato. Seus múltipls pupilos devem ficar deslumbrados, assim como seus fãs. Nessa categoria eu me incluo.
Marly Bin

Luciana Messeder disse...

Obrigada, querida!
É um um grande prazer receber sua visita. Volte sempre!
Beijos,
Luciana

Levydson C. Medeiros disse...

Nao achei nada no site do congresso nacional.
Onde esta sendo publicado isso!!!

Luciana Messeder disse...

Levydson,
você pode encontrar essa proposta no site http://www.peticaopublica.com.br/?pi=P2012N23475
Trata-se de um abaixo-assinado.
Um abraço,
Luciana